terça-feira, 6 de agosto de 2013

Por que cada um sente o zumbido de um jeito diferente

A especialista explica que o zumbido é percebido de maneira subjetiva e individual, ou seja, cada indivíduo o sente de uma forma diferente, por isso, os tratamentos nem sempre são iguais. “É preciso avaliar a (ou as) causa(s), o grau do zumbido, o tempo que ele existe, etc. São tudo questões que podem interferir no tratamento – e o paciente precisa entender isso e não ficar impaciente”, comenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário