quinta-feira, 25 de abril de 2013

No silêncio, o zumbido fica mais ‘alto’


A doutora explica que no silêncio, o zumbido, originado dentro do corpo e percebido nos ouvidos ou na cabeça, fica ainda mais ‘alto’. “Na realidade, o zumbido não aumenta de volume, o que muda é a percepção do paciente. Ou seja, quanto mais ele dá atenção ao ruído, principalmente em situações de estresse e ambientes silenciosos, maior é a sua percepção e incômodo. Por outro lado as pessoas podem se dar conta que têm zumbido quando no silêncio motivando a busca de diagnóstico e tratamento precocemente, ressalta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário