terça-feira, 7 de maio de 2013

O zumbido é uma experiência subjetiva e individual


Daniela comenta que o zumbido é uma experiência subjetiva e individual, “mas quando o único foco da vida de alguém se transforma em se livrar do zumbido, o zumbido vira o foco da vida desse alguém”, resume a especialista. Ela diz que é preciso pensar de forma mais ampla, mudar o foco – e entender a importância de comunicar as preocupações e as mudanças provocadas pelo zumbido às pessoas próximas. “As pessoas ao redor podem tentar ao máximo ajudar, mas elas não sentem o mesmo do que o indivíduo com zumbido” relata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário